maio 21, 2017

Sunday Love: Mulheres Inspiradoras

Existem algumas mulheres que eu admiro muito e nas quais me inspiro bastante. Tenho certeza que a maioria é conhecida por todos, afinal são grandes musas das artes, mas há uma representante ilustre do ramo das ciências.

Selecionei essas belas damas que muito contribuíram e contribuem para a beleza no mundo, seja através da arte, música ou ciência. Mulheres fortes, inteligentes e determinadas, cujo as vidas foram marcadas por uma grande trajetória de sucesso e encanto.

Credits: Tasha Tudor and Family

Tasha Tudor: Tasha foi uma das maiores escritoras e ilustradoras infantis da história. Foi responsável pela ilustração de diversos livros infantis durante todo o século XX e adotou um estilo de vida campestre que é o meu objetivo de vida. Vivia entre cabras, galinhas e corgis em uma bela casa no estilo cottage, onde além de trabalhar em suas ilustrações também cozinhava, bordava e se dedicava incansavelmente à um belo jardim. 

Credits: National Trust

Beatrix Potter: A célebre criadora de Peter Rabbit era, além de ilustradora, escritora, conservacionista e micologista. Creio que dificilmente haverá novamente igual talento como o dela. Sou suspeita para falar, pois sou completamente apaixonada pelo mundo do Peter Rabbit e o fato dela também estar um pouco envolvida com as ciências me faz admirá-la ainda mais.

Credits: Divulgação

Jane Goodall: Jane é uma primatóloga/etóloga que tive o imenso prazer de conhecer enquanto fazia meu trabalho de conclusão de curso da faculdade (fiz uma análise comportamental de chimpanzés em cativeiro) e me apaixonei pelo trabalho incrível e importantíssimo que ela vem desenvolvendo há décadas com grandes primatas. É meu exemplo como pessoa, como profissional e meu sonho é abraçar um chimpanzé e principalmente um orangotango como ela (já estive bem perto de ambos, mas quero abraçar um bebê 'cacaco' um dia).

Credits: Divulgação

Loreena McKennitt: Meu amor por essa mulher é visceral. Imaginem um coral de anjos cantando. Imaginaram? Pois é exatamente o que eu sinto quando ouço a voz dessa fada-mãe. Não há uma única música dela que não seja maravilhosa e não nos transporte para longínquos tempos não vividos, porém lembrados com saudades. Destaque para The Bonny Swans, que é uma das músicas da minha vida.

Credits: Divulgação

Enya: Se a Loreena é um anjo, a Enya é uma fada! Suas músicas são doces e de melodias sem igual. Enya, que na verdade se chama Eithne Ní Bhraonáin, é uma cantora/musicista irlandesa talentosíssima. Atualmente vive reclusa em seu castelo próximo à Dublin com seus gatos, tem coisa mais eu que isso? Gatos, castelos, Irlanda: essa mulher é meu alter-ego.

E quais são as mulheres que mais lhes inspiram?



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar ♥